Notícias

10 de outubro de 2019

Sem pagamento, empresa suspende fornecimento de alimentação no Hospital Municipal de Natal




Servidores e acompanhantes ficaram sem alimentação 

 Os servidores do Hospital Municipal de Natal foram informados no fim da manhã desta quinta-feira, 10, que ficariam sem alimentação, devido à paralisação dos funcionários da empresa terceirizada JMT, que trabalham no setor de nutrição da unidade. Além dos funcionários, os acompanhantes dos pacientes internados no hospital também ficaram sem alimentação.

A informação de que não haveria comida para os acompanhantes e funcionários só foi repassada pela direção do Hospital Municipal minutos antes da pausa para o almoço, o que gerou grande preocupação entre os servidores que não tinham dinheiro para comprar comida.

A paralisação dos servidores da empresa JMT, deve-se a falta de pagamento por parte da Prefeitura de Natal a empresa terceirizada. O Sindsaúde RN apoia a causa dos servidores pelo pagamento dos seus salários e por melhores condições de trabalho, além de cobrar ao prefeito Alvaro Dias que providencias sejam tomadas para que os servidores e pacientes não permanecam sem alimentação.

O descaso com os servidores e pacientes do Hospital Municipal de Natal não é de hoje, a pouco mais de dez dias, o sindicato recebeu denuncias por parte de funcionários relatando a sobrecarga de trabalho, falta de profissionais e improviso da direção da unidade na abertura de um novo serviço ambulatorial.

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 8035

  •