Notícias

19 de julho de 2019

CSP-Conlutas convoca mobilizações contra a reforma da Previdência para 6 de agosto




Para defender as aposentadorias é hora de ir à luta!

A CSP-Conlutas aprovou uma resolução na última quarta-feira (17), com orientações para que suas entidades filiadas retornem às ruas contra os ataques do governo de Jair Bolsonaro (PSL). Por isso, nós do Sindsaúde RN continuaremos mobilizados contra a reforma da Previdência e os ataques dos governos Federal, Estadual e Municipal. Se a reforma for aprovada, logo a governadora Fátima Bezerra (PT/PCdoB) e o prefeito Álvaro Dias também irão querem acabar com os direitos dos trabalhadores do Rio Grande do Norte. Não vamos permitir! Que tirem R$ 1 trilhão dos banqueiros! Chega de ataques à classe trabalhadora! O nosso principal campo de luta é as ruas!

DIA NACIONAL DE LUTA - 6 DE AGOSTO

Eles têm pressa e adotaram a velha política do toma-lá-da-cá. Para impor o mais duro ataque à Previdência e comprar o voto dos deputados picaretas, somente no mês de julho, Bolsonaro já gastou mais de R$ 3 bilhões através de emendas e destinação de recursos, sem contar a negociata de cargos no governo.  Foi assim que aprovaram a reforma em 1° turno no último dia 10.

Porém, essa guerra não acabou. Para ser aprovada em definitivo, a reforma terá de passar pela segunda votação na Câmara, onde precisa de pelo menos 308 votos, e depois ser votada também em dois turnos no Senado. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, promete realizar o 2° turno de votação da Reforma da Previdência no dia 6 de agosto. E nós, estaremos nas ruas em protesto!

Ainda é possível reverter essa situação indo pra cima deles, com muita pressão, mobilização e uma nova Greve Geral.  É preciso retomar a mobilização desde já! Eles estão com pressa para sacramentar o ataque às aposentadorias dos trabalhadores e aos benefícios do INSS. Nós vamos lutar pelos nossos direitos!

Para defender, de fato, as aposentadorias, a educação e os empregos, é hora de ir à luta!

 

Autor: Comunicação Sindsaúde
Fonte: CSP-Conlutas

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 2592

  •