Notícias

08 de julho de 2019

Servidores cobram audiência para discutir situação do Hospital Ruy Pereira




A mudança de fluxo do hospital é uma das questões que deverão ser discutidas

O descaso do Governo do Rio Grande do Norte e da Secretaria de Saúde do Estado com a situação dos servidores e pacientes do Hospital Ruy Pereira é alarmante. Por isso, o Sindsaúde RN junto aos profissionais da unidade, discutiram os problemas com a direção do hospital e solicitaram uma audiência com o secretário de saúde, Cipriano Maia, para cobrar um posicionamento diante dos problemas apresentados. Tais como:
Estrutura precária;
Déficit de servidores;
Mudança de fluxo do hospital, que está causando o encaminhamento de pacientes graves para o Hopital Ruy Pereira, que não possui Sala Vermelha para este tipo de atendimento. Resultando no reencaminhamento para o Hospital Walfredo Gurgel e no aumento do número de óbitos.

Para Breno Abbott, diretor do Sindsaúde RN e servidor do Hospital Ruy Pereira, a unidade chegou a uma situação insustentável. "Precisamos de posicionamento da Sesap quanto a estrutura do hospital e a mudança de fluxo. Estamos com um défict de profissionais enorme e muita gente está morrendo aqui", afirmou.

Além do Hospital Ruy Pereira, o Sindsaúde RN esteve presente e realizou reuniões com os servidores no Hospital João Machado, do Hospital Regional de Canguaretama, de São José do Mipibu, João Câmara e Santo Antonio do Salto da Onça.

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 7702

  •