Notícias

06 de maio de 2019

Sindsaúde cobra audiência com a Prefeitura do Natal




Medidas judiciais e políticas estão sendo tomadas para reverter ataque à enfermagem

A direção do Sindicato dos Servidores da Saúde (Sindsaúde RN) se reuniu na manhã desta segunda-feira (6) com o secretário de saúde de Natal, George Antunes. Na ocasião, as pautas foram discutidas, mas pouco foi deliberado. Por isso, o Sindsaúde cobra uma audiência com a presença do atual prefeito Álvaro Dias (PMDB) e Adamires França, secretária Municipal de Administração.

As pautas apresentadas para reunião foram sobre as mudanças de nível, data base, qüinqüênio, aposentadoria integral, vale refeição, convocação dos candidatos aprovados no último concurso da SMS e o ataque à enfermagem publicado em Diário Oficial.

Com relação à mudança de nível, data base, qüinqüênio e aposentadoria integral, o secretário afirmou que essas reivindicações devem ser trabalhadas junto a Secretaria Municipal de Administração. Já em relação ao vale refeição, disse que trata-se de um tema polêmico e que está sendo estudado.

Sobre a pauta das convocações dos aprovados do último concurso, George Antunes afirmou que a secretaria ainda está realizando levantamento sobre o déficit de profissionais. Sobre o processo de compra dos insumos, foi dito que desde o dia 22 de abril o problema está sob análise do Conselho de Governança.

O ataque à enfermagem foi apresentado pelo secretário como um cumprimento da lei. No entanto, o Sindsaúde já está entrando com medidas judiciais e políticas cabíveis para reverter publicação.

Quanto a segurança e a estrutura das unidades de saúde, segundo o secretário, os contratos para a manutenção e reforma dos hospitais serão revistos, uma vez que as empresas contratadas não estão repassando as informações necessárias. Questionado sobre o fechamento de algumas unidades de saúde em Natal, o secretário afirmou que desconhece essa realidade.

 

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 2627

  •