Notícias

28 de maro de 2019

Servidores do hospital de Ceará-Mirim conquistam novas convocações de enfermeiros para compor quadro de funcionários da unidade




A convocação aconteceu graças a denúncias de servidoras da unidade com o apoio do Sindsaúde

Servidores da saúde de Ceará-Mirim conquistam a vitória na convocação de mais quatro enfermeiros para compor o quadro de funcionários da unidade. A convocação saiu no Diário Oficial de Ceará-Mirim, nesta quinta-feira, (28) de março, mais de seis meses depois das servidoras, com o apoio do Sindsaúde, denunciarem a sobrecarga de trabalho na unidade para o Ministério Público e para o Coren – Conselho Regional de Enfermagem do RN.

 O caso teve início em setembro de 2018, quando várias enfermeiras do Hospial Percílio Alves, procuraram o Sindsaúde-RN alegando estarem sobrecarregas com o trabalho que desenvolviam no Hospital. Isso porque o hospital ampliou o espaço e abriu novos serviços de atendimento, porém as condições de trabalho para as enfermeiras e demais funcionários da enfermagem não acompanhou o mesmo ritmo, a falta de profissionais da área era um problema que se estendia há anos.

O Sindsaúde denunciou o caso para os órgãos responsáveis, e foram realizadas vistorias na unidade para confirmar a situação. Após três audiências realizadas no MP da saúde de Ceará-Mirim, foi encaminhando a convocação de quatro enfermeiros neste mês de março, como forma de redimensionar o trabalho exercido no local.  Para Adonyara Azevedo, advogada do Sindsaúde-RN, essa é uma vitória conjunta da saúde, “é uma vitória dos trabalhadores do hospital, das enfermeiras que procuraram o sindicato, é uma vitória do Sindsaúde com elas, e temos que agradecer ao Ministério Público e ao Coren pela atuação exemplar em defesa da saúde da população e das melhores condições de trabalho para os enfermeiros”, destaca a advogada.

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 2495

  •