Notícias

25 de maro de 2019

Servidora do Hospital Regional de São José de Mipibu enfrenta drama por causa dos salários atrasados




Servidora precisou vender a televisão para pagar dívidas

A servidora da saúde, Karlana Cristiana Ribeiro é técnica de enfermagem no Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros, em São José de Mipibu, região metropolitana de Natal. Desde o ano passado, quando o Estado atrasou e não pagou os salários dos servidores, Karlana vem enfrentando várias dificuldades financeiras, gerando um grande acúmulo de dívidas e preocupações. A servidora mora em João Pessoa, no estado da Paraíba e precisa viajar diariamente 152,1 Km para poder chegar até o seu local de trabalho. Por conta da distância, os gastos com transporte e alimentação se tornam ainda maiores para a técnica de enfermagem. 

Em dezembro do ano passado, quando todos os servidores estaduais do Rio Grande do Norte ficaram sem receber o salário, Karlana precisou pedir dinheiro emprestado para poder pagar algumas dívidas e continuar trabalhando. Mas como o Governo ainda não pagou os salários atrasados, Karlana destaca que os juros das dívidas aumentam a cada dia e por isso, precisou vender a sua televisão para ajudar nas contas de casa ”Eu não vou receber nada com juros, até hoje eu estou sem dinheiro para pagar a dívida que fiz, e não tenho de onde tirar o dinheiro, não tenho como pagar. Estou sem TV e só Deus sabe quando vamos receber esses atrasados porque até agora nada”, lamenta a servidora.

A saúde está em greve há 50 dias, e a luta da categoria é pra reivindicar o pagamento dos salários atrasados de novembro e dezembro do ano passado e o 13° salário de 2017 e 2018, e que até o momento o Governo de Fátima Bezerra (PT) não apresentou, se quer, uma  previsão de calendário para sanar a dívida.

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 6949

  •