Notícias

31 de janeiro de 2019

Fórum dos Servidores não aceita parcelamento dos salários e cobra pagamento dos atrasados




A reunião com representantes do Executivo ocorreu no Gabinete Civil

O Fórum Estadual dos Servidores  propôs ao Governo, em reunião nessa quarta-feira (30), no Gabinete Civil,  que amplie de 30% para 40%, no dia 10 de fevereiro, o pagamento para todos os servidores, independente de faixa salarial e, no dia 15, 60% do salário de quem recebe até R$ 6 mil reais líquidos. Para quem recebe acima de R$ 6 mil reais, a conclusão dos 60% no final de fevereiro. O Fórum quer também que o Governo apresente calendário de pagamento de 2019 até dia 5 de fevereiro. O Gabinete Civil ficou de estudar essas propostas.  Estavam presentes na reunião os secretários de Administração, Planejamento e Gabinete Civil.

A proposta do Governo para o mês de fevereiro é manter os parcelamentos, como fez em janeiro. Essa proposta foi rebatida pelo Fórum, pois não atendeu às necessidades das trabalhadoras e trabalhadores, que não conseguiram cumprir com suas obrigações financeiras.

A respeito dos salários atrasados, O Executivo não apresentou proposta de calendário, e informou que está negociando empréstimos, com antecipação dos royalties e venda da conta única do Estado. O Fórum deixou claro que os servidores não aguentam mais ficar sem proposta concreta de pagamento dos atrasados e que  não podem depender apenas de recursos extraordinários, e propôs que até dia 28 de fevereiro o Governo apresente calendário de pagamento dos atrasados.

No dia 5 de fevereiro, às 11h, haverá nova audiência. No mesmo dia, haverá também ato unificado de servidores estaduais em frente à Governadoria, às 9h. Esse movimento marca também o início da greve da saúde, aprovada por ampla maioria em assembleia no dia 24 de janeiro.

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 4517

  •