Notícias

11 de janeiro de 2019

Servidores da saúde marcam assembleia com indicativo de greve para o dia 24 de janeiro




A decisão foi votada em assembleia nessa quinta-feira (10), em frente ao Walfredo Gurgel

A assembléia da Saúde realizada em frente ao Hospital Walfredo Gurgel na última quinta-feira (10), estava marcada com indicativo de greve para o dia 15 de janeiro. Após votação, os servidores decidiram adiar a proposta de greve, que será votada novamente na próxima assembléia prevista para o dia 24 de janeiro. 

No mesmo dia da assembleia, as trabalhadoras e trabalhadores da saúde realizaram apagão de 24 horas no Hospital Walfredo Gurgel, em resposta ao atraso dos salários. Durante a atividade, os servidores gritaram palavras de ordem e relataram os problemas que estão enfrentando devido à falta de salário. As entradas do Hospital foram bloqueadas, e somente casos de emergência foram atendidos.

Após reunião com o Fórum Estadual dos Servidores, o Governo definiu o calendário de pagamento do parcelamento do salário. A proposta prevê a antecipação de 30% do salário bruto de janeiro dos ativos, aposentados e pensionistas que ganham até R$ 3 mil reais no dia 11 de janeiro. No dia 16 será realizado o pagamento dos 70% restantes para quem ganha até R$ 3 mil reais e no dia 31 será pago os 70% restantes aos ativos, aposentados e pensionistas que ganham acima de R$ 3 mil reais.

O Sindsaúde foi um dos sindicatos que não se posicionou frente a proposta lançada pelo Governo do Estado nessa quinta-feira, 9, em reunião com o Fórum Estadual de Servidores, pois, por questões democráticas, preferiu consultar sua base.

 

Confira as fotos da assembleia:

Confira as fotos do Apagão:



 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 6583

  •