Notícias

28 de setembro de 2018

Governador nomeia chefe da enfermagem do hospital Maria Alice, sem o registro profissional no Coren




Para exercer essa função, profissional deveria ser enfermeiro

Na última quarta-feira (26), o governador Robinson Faria (PSD) nomeou Marcelo Maciel para o cargo de chefe do Departamento da Enfermagem do hospital Maria Alice Fernandes. Poderia ser só mais uma nomeação das tantas que o governador vem fazendo por todo o estado, mas de acordo com o Coren, o novo diretor de enfermagem do Maria Alice não possui registro de enfermagem.

Marcelo era cargo comissionado e trabalhava no setor dos Recursos Humanos da Sesap, mas pediu exoneração do cargo. Sendo publicada na mesma data da nomeação. A indicação do nome do novo diretor de enfermagem do Maria Alice é claramente uma indicação política do governo. É mais uma demonstração de que o governo Robinson não está preocupado em resolver o caos instalado na saúde do RN, mas sim, preocupado com os interesses políticos-partidários.

Essa prática arbitrária vem sendo rotina no governo Robinson, que só na sua gestão, mudou quatro vezes de secretário de Saúde. Já passaram pela pasta, Pedro Cavalcanti, George Antunes, Eulália Albuquerque e Ricardo Lagreca. Há uma semana, a Sesap está sem secretário de Saúde.

Nos hospitais tem sido a mesma coisa. É uma verdadeira dança das cadeiras. Jogou o diretor do hospital de João Câmara para o hospital Santa Catarina, mudou de diretor no hospital Tarcisio Maia, em Mossoró, no Deoclécio Marques, no Ruy Pereira e por aí vai.

Sabemos que as indicações sem respeitar critérios técnicos prejudica o funcionamento dos serviços. Para o governador, pouco importa a qualidade da saúde pública. Parece que o que vale é a troca de favores e o jogo político que predomina na hora de nomear aos cargos públicos. O Sindsaúde repudia indicações políticas e defende a eleição direta para gestores e secretários, pois só dessa forma, é possível garantir uma ampla democracia e a representatividade discutida em conjunto com os servidores da saúde.

 

 

Autor: Comunicação Sindsaúde

Boletim Eletrônico

  • Digite o código: 5265

  •